quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Coisas para fazer antes do fim do ano

Sou uma pessoa movida por metas e objetivos. Sou preguiçosa por natureza: não faço NADA sem que haja alguma pressão, por isso é tão importante pra mim estabelecer alvos a serem atingidos. Não precisa ser na virada do ano ou na segunda feira, pode ser qualquer dia mesmo, em qualquer hora. Mas se eu decido que tenho que fazer algo então eu preciso fazer algo. Posso ouvir minha mente gritando comigo neste exato momento "termine esse post logo e começa o de amanhã!". Eu juro, eu vou terminar.

Atividade física


Já tentei academia, já tentei pilates em casa, dança também não rola (a não ser que se trate de dançar Beyoncé todos os dias). Mas preciso, repito, preciso iniciar uma atividade física já! Minha coluna dói horrores, minha postura é horrível, minha musculatura é igual a de uma foca, meu braço balança ao acenar. E eu só tenho 22 anos! Terrível, eu sei. Dou preferência a algum esporte em equipe, porque na minha cabeça e talvez fora dela também eles têm um objetivo bem definido: vencer. Para mim já é razão suficiente pra largar a preguiça e ir quadra (ou qualquer lugar onde seja possível praticar esportes, rs).

Opções possíveis:

• vôlei
• handebol
• futsal
• basquete

Aprender uma língua nova


Esse é uma mega desafio visto que cursos de outros idiomas que não inglês, tipo Aliança Francesa e Cervantes, são super caros, fora da minha realidade. Tentei me inscrever no curso 0800 que o Núcleo de Letras da UFRJ oferece mas é TÃO disputado que cinco minutos depois de abrirem as inscrições as vagas já tinham acabado. Fiquei super triste mas decidi que isso não vai me impedir de falar outra língua. Não sei como farei isso mas vou criar um plano e dar um jeito. #VaiQueDá

Opções possíveis:

• Duolingo

Viajar sozinha


Esse é um risco para a humanidade. Eu, que me perco fácil, tenho vergonha de falar com os outros, não gosto de andar sozinha, não gosto de me perder sozinha, por aí sem companhia. Sempre preferi ter alguém ao meu lado, é o que me dá segurança, mesmo estando do outro lado do mundo. Mas sinto que isso também me aprisiona, melhorei muito, mas ainda deixo de fazer coisas e ir a lugares porque não tenho companhia. Tenho muitos destinos pra ir mas pouca grana nenhum amigo que pilhe de ir comigo. O que é bom. Vou ter que me virar sozinha, aprender a lidar comigo mesma.

Opções possíveis (destinos):

• Petrópolis
• São Paulo
• Inhotim (Minas Gerais) 

Fazer trabalho voluntário


Quero MUITO! Já planejei mil vezes mas sempre tive que desmarcar em cima da hora. Curto aqueles que você pode fazer só uma vez, para ver como é, e então voltar sempre que quiser. Eu e minha amiga queríamos participar do TETO mas o horário não dava pra gente (vários dias na semana, o dia todo :/), outra amiga me chamou para o Dia do Sonho mas eu já tinha compromisso no dia. Nem por isso desisti da ideia, meu sonho seria o Volunteer Vacations, que une o útil ao agradável: você viaja e faz trabalho voluntário no lugar que escolheu como destino ♥. Outro sonha da vida é o Projeto TAMAR, amo o tanto o projeto que virou trabalho da faculdade!

Opções possíveis:

• AISEC
• Sonhar Acordado

Parar de beber refrigerante


A coisas aparentemente mais fácil é, na verdade, a mais difícil. Eu tento, tento, tento, fico três dias sem beber refrigerante e quando vejo um copo na minha frente não consigo dizer não. Sou dominada por líquido cheio de corante e gás, como pode? Sei dos males que o refrigerante faz, ainda mais para quem tem problema de estômago como eu. Vários amigos meus já pararam de beber, para eles não parece ser um sacrifício mas, Meu Deus, me dê forças se não eu não consigo. Eu preciso ser forte. Preciso dizer adeus para a bebida do capeta e dizer oi para os suquinhos.

Opções possíveis:

• parar
• PARAR


Aceito sugestões de outras opções possíveis! Me ajudem a cumprir minhas metas, pfvrzinho.

***Este post faz parte do BEDA, que consiste em postar TODOS OS DIAS durante o mês de agosto. Me ajudem!!11! Indiquem temas, tags e receitas para manter a sanidade.

9 comentários:

  1. Oi Gabriela,
    me identifiquei muito com tuas metas,eu também estou tentando fazer mais atividades físicas,estou fazendo dança pq acho mais divertido e sem tanto "sofrimento" ! (ps: sou muito ruim,essa semana não fui nenhum dia,socorro!)
    Mas não teria coragem de viajar sozinha,sou muito medrosa e também deve ser meio tedioso,não sei .

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Dança é muito divertido mas só consigo fazer com quem também está ali para se divertir! Quem leva muito a sério (nível profissional) acaba cortando minha vibe. =/

      Haha também tenho medo! Esse é o desafio ;).

      Excluir
  2. Oi Gabi, adorei a sua lista pois é bem parecida com as minhas metas pra esse ano. Já consegui entrar na academia e tento ir certinho (3 vezes por semana, mas ok), e estou pesquisando escolas de inglês. Usei o Duolingo, que foi citado por você, por um tempo e me ajudou bastante, mas eu sou muito preguiçosa e como usava o app para celular acabava não me dedicando (sabe né, tem WhatsApp, Facebook, tudo num lugar só. Muita tentação kk).
    Quanto à viagem eu acho que sozinha não iria não, sou muito carente kk, mas estou planejando uma com meu namorado no meu níver de 18 anos <3
    Adorei seu blog, muito fofo. Dá uma passadinha no meu :) Bjks

    www.thalytafabrine.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sou preguiçosa! Por isso temo que esse papo de duolingo não vá durar... hahaha.

      Excluir
  3. Algumas coisas eu já fiz da sua listinha. Trabalho voluntário foi um deles e dá uma enorme gratidão poder ajudar as pessoas.
    Obrigada pela visita
    Boa noite pra vc.
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, é muito bacana, né? Quero muito fazer!

      Excluir
  4. Oi gaby, posso te fazer companhia em umas de suas viagens(se quiser). Amo seu blog, sua linda! Bjks

    ResponderExcluir
  5. Hai gabriela! Deixa só eu comentar umas coisas:
    Sobre curso de línguas: procura ver se a prefeitura do Rio não oferece cursos de idiomas em certas escolas profissionalizantes. Busca sites que possam te guiar. Em Recife, há várias dessas escolas e a prefeitura as mantém bem. Em vez de 5 minutos para se inscrever, você talvez tenha 30 minutos para conseguir (sei que parece pouco, mas já é 6x mais tempo!).
    Sobre viajar sozinha: fazer as coisas só é parte de um costume. Se você se acostuma a tentar procurar novos lugares e sem ajuda, enfrentar viagens e se perder não vai ser difícil. No entanto, é preciso dar o primeiro passo para vencer os medos (: persista.

    Só isso!! Beijiiiins!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura? Vou dar uma olhada nisso, Maíra! Valeu a dica ;).
      Sim <3 Quero muito sair da minha zona de conforto!

      Beijo!!!

      Excluir